Número 0 - Outubro/Dezembro de 2003

 

Número 0

O número 0 da revista "Aprender ao Longo da Vida" iniciou o processo de transição da revista SABER+, que foi criada pelo Grupo de Missão para a Educação e Formação de Adultos e, depois mantida pela ANEFA. Foram publicados 15 números da revista SABER+, que ajudaram a cumprir um papel de dinamização de muitas atividades ligadas à aprendizagem ao longo da vida.

Com a criação da DGFV - Direcção Geral da Formação Vocacional, organismo onde foi integrada a ANEFA - Agência Nacional de Educação de Adultos, foi suspensa a publicação da revista SABER+.

É nesse contexto que um grupo de pessoas ligadas a essa revista decide criar a Associação O Direito de Aprender e, simultaneamente a revista “Aprender ao longo da vida” que, como consta do seu estatuto editorial, “pretende ocupar um espaço, entre técnicos, educadores e todos aqueles que acham que educação e formação não se limita aos bancos da escola e que não é algo desligado das competências que se vão adquirindo ao longo da vida”.

A nova revista pretendia assim cumprir alguns dos objetivos que a SABER+ já se propunha anteriormente, mas pretendia alargá-los e apresentar-se de uma forma mais dinâmica e autónoma de uma estrutura institucional estatal.

Este Número 0, que teve uma tiragem em suporte papel muito reduzida e que serviu essencialmente de divulgação junto de algumas entidades, foi um exercício na busca de uma nova revista que pretendia ser um espaço aberto ao debate e reflexão sobre o direito de todos os adultos ao acesso e à participação ativa num processo de educação completo e permanente.

Aprender ao Longo da Vida Nº 0

Outubro/Dezembro de 2003

Neste número podem ler-se os seguintes artigos:

Entrevista com Rogério Roque Amaro economista (texto completo)

Homem de convicções profundas, apoiadas no saber científico e no potencial que quotidianamente surge em todo o mundo, o economista Roque Amaro acredita que o futuro passará obrigatoriamente pela economia social, porque incorpora as soluções mais imaginativas, mais importantes e, principalmente, mais humanamente justas. Enquadrando a nova realidade no contexto histórico, económico, político e social actual, aqui reflecte sobre as grandes questões que hoje se apresentam à humanidade em geral e a cada homem em particular. A todos nós, afinal.

Reportagem

À Procura do Outro

Explorar exaustivamente os conhecimentos adquiridos por uma diversidade de gente ao longo da vida não é tarefa simples. Exige a descoberta do outro, tendo em vista a sua melhoria de vida.

Florinda Coelho é técnica do Centro de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências, em Paços de Brandão.

Debate

Deitar contas à ciência (texto completo)

Com o propósito de debater e encontrar novos caminhos para a divulgação da ciência, juntaram-se à mesma mesa três cientistas: os físicos João Caraça e Jorge Dias de Deus, e o sociólogo Fernando Luís Machado, todos eles com vasta experiência na divulgação científica nem sempre as opiniões foram concordantes. Mas para todos uma coisa é certa: há ainda um longo caminho a percorrer para divulgar a ciência e cativar novos públicos. Resta saber por onde começar.

E ainda: Livros, Internet e Notícias Várias

Ficheiros Anexos

Tópicos: Tags: